Brasil conquista 12 medalhas no campeonato mundial de ensino técnico

8 de julho de 2013 por   -  Sem comentários

Brasileiros vibram com resultado em Leipzig, Alemanha

O Brasil conquistou 12 medalhas no WorldSkills Leipzig 2013, maior torneio de profissões tecnológicas da indústria e do setor de serviços, que terminou neste domingo, 7 de julho, em Leipzig, na Alemanha. Trata-se de um recorde para o país. Foram quatro medalhas de ouro, cinco de prata e três de bronze. Na última edição, realizada em Londres há dois anos, o Brasil levou 11 medalhas – seis de ouro, três de prata e duas de bronze. Este ano, o país disputou em 37 das 46 ocupações do torneio, 50% a mais que na capital inglesa, para onde o país levou representantes em 25 categorias. Além das medalhas, o time brasileiro volta para casa com 15 diplomas de excelência.

A equipe brasileira contou com a participação de 41 jovens de até 21 anos. Trinta e sete deles saíram de cursos de formação oferecidos pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI) e quatro do Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (SENAC). No ranking dos 53 países que participaram do torneio, o Brasil ficou em quinto lugar em número de medalhas, com 52 pontos, atrás de Coreia (89), Suíça (73), Taiwan (65), Japão (56).

POSITIVO

O diretor-geral do SENAI, Rafael Lucchesi, avalia como positivo o desempenho do Brasil no WolrdSkills 2013. Sua expectativa era que o país ficasse entre os cinco primeiros. Ele lembra que o país tinha representantes em 25 ocupações em Londres (2011). Passou para 37 ocupações em Leipzig (2013) – crescimento de 50% no número de modalidades. “Estamos maiores, mais fortes e mais consistentes na competição. O objetivo de participar deste torneio é comparar a qualidade do ensino que fazemos no Brasil com o restante do mundo”, diz.

Segundo ele, é mais estratégico avaliar um conjunto maior de ocupações do que competir apenas nas ocupações em que o Brasil teria certeza de medalhas. “Foi um risco calculado pelo SENAI. Queremos que o Brasil, em 2015, tenha representantes em todas as categorias. Você não inicia uma nova modalidade no lugar mais alto do pódio. Começamos um processo de aprendizagem”, comenta Lucchesi.

No final da cerimônia, Lucchesi e o presidente da Confederação Nacional da Indústria (CNI), Robson Braga de Andrade, receberam a bandeira do WorldSkills. A próxima edição do torneio internacional ocorrerá de 11 a 16 de  agosto de 2015, no Pavilhão do Anhembi, em São Paulo.

OS MELHORES

Conheça os brasileiros que conquistaram medalhas no WorldSkills 2013 e que estão entre os melhores do mundo, conquistando ouro em suas categorias:

Design Gráfico
Competidor: Ricardo Calvi Vivian
Estado: Rio Grande do Sul
Idade: 20 anos

Polimecânica
Competidor: Richard Souza da Silva
Estado: São Paulo
Idade: 18 anos

Mecatrônica
Equipe: Henrique Baron, 20 anos, e Maurício Zangali Toigo, 20 anos
Estado: Rio Grande do Sul

Fresagem CNC
Competidor: Henrique da Silva Santana
Estado: São Paulo
Idade: 20 anos

Escreva seu comentário!